Caminhos Errantes

quarta-feira, maio 24, 2006

A "pedrada no charco"


Pelo que se ouve dizer, do recente livro de Manuel Maria Carrilho - que, ao que parece como toda a gente, eu também não li, nem perderei tempo a ler - seria possível afirmar, como uma vez alguém num exame, que a exposição contém coisas boas e originais, sendo de lamentar apenas que as originais não sejam boas nem as boas originais. As originais consistem, ao que parece, numa tentativa de lançar uma "pedrada no charco", fruto de um ressentimento a cuja manifestação pública Portugal - um país em que tudo converge para evitar a emergência de tudo quanto não pertença à "vida habitual" - não está habituado. Mas, apesar de originais, as razões para o protesto não são boas. Carrilho não está preocupado por vivermos num país fechado; num país onde a opinião efectivamente divergente ou simplesmente diferenciada é punida e silenciada debaixo da pluralidade com que se apresentam várias configurações do "mesmo", por entre referências repetidas à ficção de uma "abertura" inexistente; ou num país onde o governo e as oposições estão entregues a uma vasta classe oligárquica em larga medida interesseira, sem hábitos de trabalho nem de pensamento. A sua preocupação é apenas a de que aquilo a que o anterior presidente do meu Sporting chamaria sibilinamente o "sistema" o não terá deixado, desta vez, cumprir as suas aspirações a tornar-se numa espécie de Massimo Cacciari português. Por outro lado, ele tem, como é óbvio e todos sabem, todas as razões para protestar, tendo em conta o "tratamento mediático" de que foi alvo. Só que aqui, apesar de bom, nada do que se possa dizer é novo. É certamente sempre escandaloso observar o modo como alguns jornalistas servem interesses, partidos e amizades, denegrindo pessoas ou instituições, ao evocar, para isso, a "autonomia de uma informação livre" e o seu direito à "determinação de critérios editoriais próprios". Particularmente, em Portugal, é escandaloso deparar-se com a ignorância patente de muitos jornalistas, assente, muitas vezes, menos nas deficiências de não saber que na soberba de não querer saber. Mas a manipulação profissionalizada, a ligação íntima entre os "interesses", "partidos" e "media", a especialização cada vez maior na criação de uma "opinião pública" homogénea, a produção desta opinião sob a ficção de a apresentar como se esta fosse a opinião genuína e livre dos "cidadãos", tudo isso está estudado nas sociedades ocidentais desde os anos 20. Hoje, as sociedades liberais surgidas dos escombros da Segunda Guerra Mundial e da Guerra Fria aparecem marcadas pela impossibilidade de, ao limite, distinguir informação e propaganda. Esta é uma das determinações fundamentais para as poder compreender na sua realidade mais íntima e no seu significado mais profundo. Mas, como disse, não me parece que seja esta impossibilidade geral que atormenta a existência do nosso ex-futuro Cacciari.

2 Comments:

  • [mini-spam]

    O Diagnóstico da Situação é Óbvio:

    PONTO Nº1:
    --- A Comunicação Social europeia propagandeia aos 'sete ventos' que a imigração é necessária para resolver o Problema Demográfico Europeu... e, assim sendo,... a imigração vai assegurar a Sustentabilidade do Sistema de Segurança Social...
    --- Ora, qualquer Povo do Planeta... com UM MÍNIMO de 'coluna vertebral'... JAMAIS aceitaria que viessem outros de fora... para resolver o Problema Demográfico... ou para assegurar o pagamento das Pensões de Reforma......
    --- A realidade 'nua e crua' é óvia: a Europa está sob o domínio de um MONTE DE BANDALHOS ( vulgo Parasita Branco -> a Maioria do europeus ) que pretendem andar no Planeta a Curtir o MAIOR FESTIM PARASITA da História da Humanidade -->> pretendem andar no Planeta a CURTIR À CUSTA DOS OUTROS...


    PONTO Nº2:
    --- Existem Predadores Insaciáveis que estão numa ‘CORRIDA DEMOGRÁFICA’ pelo controlo da Europa!... [ Exemplos: Os Africanos, os Mestiços, os Árabes,... --->>> nota: existem excepções à regra -> pessoas de Boa Vontade... ].
    --- Medidas de Incentivo à Natalidade não levam a lado nenhum!... Pois... tendo em vista os seus objectivos de Longo Prazo... a reacção dos Predadores Insaciáveis irá ser a seguinte: eles vão aumentar ainda mais a sua Taxa de Natalidade [ Um exemplo: existem franceses – de origem Árabe – com 10 (e mais) filhos... para aproveitarem as Medidas de Incentivo à Natalidade do Estado Francês ].
    NOTA: Os Predadores Insaciáveis são de uma INTOLERÂNCIA TOTAL para com a existência de Espaços de Reserva Natural de Povos Nativos... pois... eles pretendem ter o caminho livre para Ocuparem e Dominarem novos territórios.


    PONTO Nº3:
    --- Como os Nativos Europeus são economicamente pouco rentáveis [ possuem uma Taxa de Natalidade muito baixa ]... os Capitalistas Selvagens estão interessados em que... se proceda à SUBSTITUIÇÃO POPULACIONAL dos autóctones... por... Povos economicamente mais rentáveis...
    --- Ora, tal como aconteceu na América do Norte, ao mesmo tempo que vendiam ( clandestinamente ) armas aos autóctones... os Capitalistas Selvagens forneciam armas mais sofisticadas... aos Povos Colonizadores e às Forças Militares e Policiais [ infestadas de Mercenários... que trabalham para quem lhes pagar mais... ].
    ---> Portanto, como é óbvio, quando o Sistema Democrático entrar em Colapso... o Poder vai cair nas mãos dos Capitalistas Selvagens [com os seus Mercenários]... e... dos Povos Colonizadores...
    CONCLUSÃO ÓBVIA: É Urgente reivindicar o LEGÍTIMO Direito ao Separatismo... antes de... o Sistema entrar em Colapso...


    PONTO Nº3:
    --- Os OTÁRIOS que abram os olhos!!!
    --- Os Movimentos Nacionalistas são é para GENTE PARVA!!!
    --- De facto, a estratégia de muitos dos 'Nacionalistas de Referência' [agentes infiltrados...] é óbvia --> GANHAR TEMPO...
    --- Na realidade, muitos dos 'Nacionalistas de Referência' [agentes infiltrados...] vão produzindo 'toneladas' de CONVERSA DA TRETA - para que os OTÁRIOS (já há várias Décadas) se mantenham entretidos numa guerra contra 'Moinhos de Vento' - ... enquanto... a Identidade Europeia vai se degradando cada vez mais ano após ano.



    »»» CONCLUSÃO FINAL ÓBVIA:Para que, a LONGO PRAZO, os Nativos Europeus possam ter o SEU Espaço no Planeta... o caminho a seguir só pode ser:
    -1- Combater a Ditadura do Maior MONTE DE BANDALHOS da História da Humanidade (vulgo Parasita Branco -> a Maioria dos europeus)!
    -2- Reivindicar o LEGÍTIMO Direito ao Separatismo!
    SEPARATISMO-50
    [ A constituição de Espaços Reserva Natural de Povos Nativos ]

    By Blogger pvnam, at 10:59 da tarde  

  • Estou de passagem em seu blog.
    Voltarei mais vezes.
    Abraços!

    By Blogger Alequites, at 8:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home